Palavras Soltas











Vais Votar?

boletim-de-voto-europeias2009_

sim e hoje as eleiçoes europeias!!!!!!!!!!!!!!!

finalmente chegou o dia, ja estou farta de levar com propaganda politica tds os dias e com os telejornais aocuparem mais de meia hora a este asunto, acompanhando á milesima o percurso dos varios candidatos…

mas enfim hj chegou o dia

Nuncafui muito de ir votar, mas este ano VOU VOTAR!!! Porquê?

Digamos que nao estou muito satisfeita com o rumo que o pais leva, e consequentemente com quem o dirije! e por isso decidi exercer o meu direito e deste modo mostrar a minha insatisfaçao, pode nao adiantar de muito, mas se todos fizessem como eu, tv quem estivesse no poder representasse verdadeiramente a escolha do povo!

Nunca percebi muito de politica e honestamente tbnao tenho muito interesse em perceber, digamos que percebo até o ponto onde me interessa perceber…

Considero-me uma pessoa informada, sei o que é o parlamento europeu e tenho algumas ideias sobre o que por lá se passa. E por tal penso que é importante sabermos quem lá colocamos.

Nestas europeias (como em tantas outras), apesar  de muito se falar, propagandear e se seguir de perto os destinos dos candidatos, pouco se falou sobre as politicas em si, não sei se será estupidez minha, inoperância das equipas das campanhas ou simples falta de ideias politicas por partes dos candidatos, mas até agora, e após ler muitos jornais, ver muitos telejornais e ouvir muitos programas de rádio, eu não consegui apurar uma única ideia sobre politica europeia de cada um dos partidos…

Mas enfim, mesmo que a maioria dos partidos pouco falem concretamente quais as suas politicas europeias, acredito que  nos devemos mover por ideais, e esses sim diferem de partido para partido!!!!

Anúncios


{Maio 25, 2009}   O direito ao voto

voto

Votar é um direito adquirido aos 18 anos.Para muitas pessoas não faz qualquer sentido exercer este direito, não lhes dando grande valor, talvez porque estão desiludidas e desaopontadas e ponderam que o seu voto não fará grande diferença. No entanto milhares são as pessoas a pensar deste modo, edepois os  designios de um pais estao nas maos daqueles que decidem exercer um direito fundamental!

Deixar deacreditar na democracia não é o caminh certo, temos sim que aproveitar a unica e quem sabe a ultima oportunidade que temos de mudar algo neste país, mostrar o nosso desagrado, mesmo que o voto seja em branco .

Penso que todos devemos ir votar, nao é nada interessante nem motivador ir a um Domingo a uma escola ou pavilhão qq, rezar que tenh pouca gente, nao esquecer os documentos para colocar uma cruz num quadrado qq, mas neste momento vale muito, vale ouro para muita gente…

Assim sendo saiam d casa, vao dar uma volta e passem pela “urna de voto” exercam a vossa opçao e continuem o vosso passeio, é a unica coisa que neste país onde somos mandados por todos e em tudo, ainda conseguimos mandar em algo….



{Abril 10, 2009}   Desemprego e Crise

De volta aos jornais, ao sites de emprego, aos Cvs, a bater portas,a enviar candidaturas etc…

Apesar de nunca ter parado, pq hj em dia não podemos parar, ser desemprego é umafunção que nos ocupa quase a Full time, no entanto agora, terminado o meu objectivo, a busca torna-se constante e diária…

até agora a realidade continua negra, num país atingido em cheio pela crise mundial e que ja por si estava assente em pés de barro, obviamente que a crise nos is acertar de um modo surreal…

Mas ng sepreocupou com iso, e agora começam aparecer os primeiros indicios que defacto estamos a cair num grande grande buraco sem fundo…

Falências de grandes empresas, anteriomente reputadas, despedimentos colectivos, suspensão de Contractos de Trabalho, Lay offs, desmobilizaçao de empresas, crescimento do desemprego em todo o país, mas mais acentuado no Norte….

Tudo isto numa altura em que procuramos emprego, a moral sem duvida desce, e a tristeza, a desmotivaçao, o desalento abarca-nos por completo… e oparajuntar a td isto a ansia de começar uma vida em comum com quem amamos e que se encontra na mesma situação, ainda torna td mais duro e dificil de enfrentar…

a resignação parece a melhor alternativa neste momento… no entanto sempre, sem baixar os braços procurando novos horizontes, alternativas e soluçoes…



{Março 30, 2009}   Finalmente…

estag1

Finalmente Consegi….

Chegou ao fim a M**** do Estágio…

Nem consigo acreditar…

Muitos dariam tudo para estar no meu lugar, mas meus amigos deixo-vos uma mensagem: garanto-vos  nao iam querer…

Se de facto estivesse a realizar alguma aprendizagem, tv assim houvessem pessoas a querer estar n meu lugar, mas sabendo que estou encostada a um canto, sem nd para fazer, a ver tudo o que quero aprender todo o conhecimento que anseio (e que se comprometeram a partilha-lo) a manterem-no fechado a sete chaves, a tratarem-me como uma penetra, a olharem me de lado, e terminarem conversas quando chego… e muito muito mais…

chama-se a isto Assédio meus senhores… e esta postado na Lei…

mas enfim hj em diahá pessoas que lá por chegarem onde chegaram e estarem no topo, pensam que são superiores e que nada nem ng as vai fazer deitar abaixo, nem que para iso tenham que pisar quem quer que seja…

Sou ingénua eu sei… hj em dia nao ha amigos no trabalho, mt menos colegas, mas sim e apenas conhecidos com os quais partilhas o teu espaço… mas sempre com muitocuidado, desconfiando de td e d tds…

Apenas me mantive este estágio por duas razões: Dinheiro e CV, ou seja, aproveitar-me e “xular” quem me esta a fazer mal, pois se querem que desista nao vou fazer pois o misero valor que me pagam dá algum jeito, ep alem diso, tb dá jeito ter mais umestágio no meu CV,p alem do facto de nao estar parada em casaa dar em doida com a falta d ofertas de emprego….

Para alem diso ao assinar um Contracto de estagio assumimosum compromisso, e há que o cumprir até ao fim…

Ser estagiário é duro, não é nd facil, humilhamo-nos, sujeitamo-nos a situaçoes, pessoas, ouvimos o quenao queremos e engolimos…pensando que mais tarde retiramos vantagem…

mas meus caros colegas recem licenciados que procuram um emprego, desenganen-se,

muito, mas muito muito muito dificilmente, se nao direi quase impossível, conseguirão ir alem deum estágio curricular ou profissional em qualquer empresa na qual ingressem para tal, por isso, nao se humilhem, nao se calem, batam o pé, nao partilhem conhecimentos!!!!

Cumpram ordens, mas nao deixem nunca que vos pisem, de uma forma assertiva imponham a vossa presençao ali durante o tempo em que la estiverem, nunca mas nunca, olhem para o chão e se sintam miseraveis, porque nunca o foram, se chegaram até ali, é pq a empresa reconheceu en vós algo diferente dos outros candidatos… reflictam nisto ,

mantenham a calma, respirem fundo, contem até 10, nao deixem que o desespero vos acerque, e guardem todas essas pedras que vos atiram… um dia vão precisar delas…

Não muito mais tenho a dizer a nao ser… sejam fortes, não desistam, isso é faze-los ganhar a batalha… aguentem, cada dia d cada x, e manden-nos á M****baixinho…



{Março 12, 2009}   So mesmo as mulheres…

Quando completei 25 anos de casado, olhei para a minha mulher e disse:
> >
> > – Querida, há 25 anos tínhamos um carrito caindo aos pedaços, um
apartamento mais pequeno que uma caixa de fósforos, dormíamos num sofá-cama
e víamos televisão numa TV a preto e branco de 14 polegadas. Porém, todas as
noites eu dormia com uma boazona de 25 anos. E agora, que temos um casarão,
dois Mercedes, uma cama super king size e uma TV plasma de 50 polegadas,
durmo com uma velha de 50 anos. Parece-me que tu és a única que não está a
evoluir…
> >
> > A minha mulher, que é uma pessoa muito sensata, disse-me então para sair
de casa e achar uma boazona de 25 anos de idade que quisesse ficar comigo, e
que se isso acontecesse, ela com o maior prazer faria com que novamente eu
vivesse num apartamentozinho, dormisse num sofá-cama e não conduzisse nada
mais que um carrito velho caindo aos pedaços.
> >
> > Achei melhor calar-me e ir dormir.
> > Estas mulheres mais maduras realmente sabem como resolver uma crise de
meia-idade.



{Fevereiro 22, 2009}   Tem piada…

Também são conhecidas por Lei de Murphy e seus corolários (com a ajuda de
IC)

IDENTIFICANDO O ASSUNTO

1. Se mexer, pertence à biologia
2. Se feder, pertence à química.
3. Se não funciona, pertence à física.
4. Se ninguém entende, é matemática.
5. Se não faz sentido, é economia ou psicologia.
6. Se mexer, feder, não funcionar, ninguém entender e não fizer
sentido, é INFORMÁTICA.

LEI DA PROCURA INDIRECTA

1. O modo mais rápido de se encontrar uma coisa é procurar outra.
2. Você sempre encontra aquilo que não está procurando.

LEI DA TELEFONIA.

1. Quando te ligam: se você tem caneta, não tem papel. Se tiver papel,
não tem caneta. Se tiver ambos, ninguém liga.

2. Quando você liga para números errados de telefone, eles nunca estão
ocupados.

Parágrafo único: Todo corpo sentado no vaso, mergulhado numa banheira
ou debaixo do chuveiro faz tocar o telefone.

LEI DAS UNIDADES DE MEDIDA.

Se estiver escrito ‘Tamanho Único’, é porque não serve em ninguém,
muito menos em você.

LEI DA GRAVIDADE.

Se você consegue manter a cabeça enquanto à sua volta todos estão
perdendo, provavelmente você não está entendendo a gravidade da
situação.

LEI DOS CURSOS, PROVAS E AFINS.

80% da prova final será baseada na única aula a que você não
compareceu e no único livro que você não leu.

LEI DA QUEDA LIVRE.

1. Qualquer esforço para se agarrar um objecto em queda, provoca mais
destruição do que se o deixássemos cair naturalmente.
2. A probabilidade de o pão cair com o lado da manteiga virado para
baixo é proporcional ao valor do carpete.

LEI DAS FILAS E DOS ENGARRAFAMENTOS.

A fila do lado sempre anda mais rápido.
Parágrafo único: Não adianta mudar de fila. A outra é sempre mais rápida.

LEI DA RELATIVIDADE DOCUMENTADA.

Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do
manual.

LEI DA VIDA.

1. Uma pessoa saudável é aquela que não foi suficientemente examinada.
2. Tudo que é bom na vida é ilegal, imoral ou engorda.

LEI DA ATRACÇÃO DE PARTÍCULAS.

Toda partícula que voa sempre encontra um olho aberto.



{Fevereiro 7, 2009}   Ondas????

Havaiano tira fotos de interior de ondas gigantes

Um ex-surfista americano agora se dedica a uma atividade inusitada: fotografar ondas de dentro delas.

Clark Little, de 39 anos, começou a fazer as imagens depois que sua mulher manifestou o desejo de ter uma foto para decorar a casa do casal, no Havaí.

Há dois anos, ele vive do dinheiro que ganha com a venda das fotos.

“O mar é minha segunda casa e eu amo o que faço”, disse Little. “Não existe para mim aquela sensação de encarar o trabalho como uma obrigação.”

Arremessado

O fotógrafo conta que para obter as melhores imagens, ele utiliza uma câmera capaz de obter até dez fotos por segundo.

As ondas que ele encara variam entre 90 cm e 4,5 m.

Muitas vezes, ele chegou a ser arremessado a até 10 m de distância de sua localização original.


“Sempre existe um risco para mim, por conta da força e tamanho das ondas. Mas minha experiência como surfista me deixa à vontade para encarar as ondas sem medo”, afirmou.

wave



{Janeiro 18, 2009}   1969 vs 2009

Figura1

sem mais comentários…



{Janeiro 1, 2009}   Happy New Year – 2009

Bem vindo 2009…

Esperemos que traga tudo de bom e que todas as amarguras do ano anterior desapareçam…

Que seja um ano de alegria e bons momentos… e ja agora de alguma sorte!!

Feliz Ano Novo



{Dezembro 9, 2008}   Limite…

As lagrimas escorrem pela minha face, e não consigo para-las, estou perto do limite…
Ser estagiario não é facil, e eu ja o fui uma vez, mas quando aceitei o novo desafio,nunca pensei passar pelo que hoje passo, ser tratada assim!!!
desespero
A realidade de um estagiario é simples mas pd tornar-se num inferno de um momento para o outro…
normalmente da-mos o nosso melhor, de modo a demonstrar que a aposta em nós no futuro será boa, mostramos trabalho, esforcamo-nos tentamos ser autonomos e não pedir ajuda, empenhamo-nos ao maximo.
e o que acontece quando os nossos actos sao postos em causa e virados do avesso, somos acusados  de coisas que nen sequer imaginavamos???
Quando alguem decide deturpar os nossos actos? incriminar-nos por situaçoes que fazemos de boa fé? por situaçoes que nada tem de anormal?
A realidade torna-se terrivel, e o dia a dia um inferno!nd jamais será igual
pergunto-me pqué?o que ganham com isso??
tantas questões na minh cabeça, tanta confusão que me deixa atordoada, sinto-me perdida
ponho em questão os meus ideais, se o meu comportamento é o mais adequado, td é posto em causa…
e a unica solução parece ser abandonar p conseguir respirar d novo!!!!
como ultrapassar esta situação, cm sobreviver ao dia a adia, aos olhares, as acusações, ao autoritarismo, e pressao diaria? como?
desistir será a melhor opçao pergunto eu?????



et cetera